6 de junho de 2006

Uma Polêmica religiosa com valor de Marketing




O Código da Vinci divide opiniões, mas roteiro atravancado prejudica a diversão...
Polêmica? Bem, esse termo tem valor comercial talvez por isso o fato de ter desagradado à parte conservadora da igreja católica e sirva para bombar o filme na bilhereria. Esse tipo de provocação faz parte da estratégia de lançamento e, quem protesta contra o filme, tolamente ajuda a fazer o seu sucesso.
Dito isso, parece que uma falsa polêmica envolve o filme, mas ele realmente mexe com a mente humana, só que de uma maneira ficcional, ou seja, acredita quem quiser ! É pura ficção, envolvendo dogmas do cristianismo, histórias épicas, etc...cabe a cada um tirar a sua própria conclusão...Quem já viu e quiser opinar sobre o assunto, esteja a vontade.

Um comentário:

  1. 'Código Da Vinci' completa cinco semanas líder da bilheteria mundial

    O filme ‘O Código Da Vinci’ se mantém na liderança da bilheteria mundial durante cinco semanas consecutivas, com uma arrecadação acumulada de quase US$ 689 milhões, anunciou ontem a revista especializada Variety.

    A produção de Ron Howard, protagonizada pelo astro americano Tom Hanks e pela atriz francesa Audrey Tautou, baseada no best-seller homônimo de Dan Brown, arrecadou US$ 20 milhões de bilheteria no fim de semana passado, dos quais US$ 5 milhões na América do Norte e US$ 15 milhões no resto do mundo.

    O longa teve um custo de produção de US$ 125 milhões e, apesar de ter recebido uma crítica adversa, a história se tornou um sucesso mundial, superando inclusive o filme de animação ‘A Era do Gelo 2’.

    A estréia do filme foi antecedida de uma acirrada polêmica em vários países devido à hipótese do livro sobre um suposto relacionamento entre Jesus Cristo e Maria Madalena, que teria gerado descendência. Por isto, a hierarquia da Igreja Católica o acusou de difamatório, enquanto outros grupos religiosos pediram seu boicote, sendo proibido no Paquistão, na Bielo-Rússia e nas Ilhas Samoas.

    Já sua estréia no Festival de Cannes foi recebida por críticas devastadoras, que não influenciaram o público, como mostram os números de arrecadação.

    ResponderExcluir