6 de novembro de 2006

O Diabo veste Prada


Nos EUA, a Fox usou a TV para promover o filme "O Diabo veste Prada", com a atriz Meryl Streep. Na Europa foi fechada parceria com a varejista de moda espanhola Mango.

A Fox, o estúdio que investiu US$ 35 milhões para rodar a versão cinematográfica, dirigido por David Frankel, que elevou o nível, por assim dizer, das farpas para o lado do mundinho fashion, O Diabo Veste Prada, o filme, carregava consigo um desafio a vencer: como atingir o público alvo, as mulheres, sem desencorajar a platéia masculina.

Desde o início, os marqueteiros da Fox sentiram a necessidade de ampliar o apelo de O Diabo Veste Prada para além das raízes no universo da moda, um assunto tipicamente feminino.

Nos EUA, a Fox usou programas matinais de TV para promover o filme, mas fora do mercado americano, um segundo passo importante na estratégia de marketing foi buscar grifes de roupa.

As estratégias montadas pela Fox americana têm dado frutos. O filme, que chegou ao circuito dos Estados Unidos no início de agosto, já faturou mais de US$ 120 milhões por lá. Promete ser um dos títulos mais rentáveis do ano. O filme entra em cartaz no Brasil hoje.

Agora fiquei curiosa e vou assistir ! Depois vou postar se gostei ou não.

Um comentário:

  1. Anônimo2:45 PM

    muuuuuuuuuuuuuuuito bom esse filme

    ResponderExcluir