3 de dezembro de 2007

História Chiclete Adams


Como surgiu esta famosa goma de mascar ??? Confira:


A marca Adams foi responsável por colocar a palavra chiclete no mapa de consumo mundial. Tudo começou com o fotógrafo Thomas Adams Junior, que era vizinho do ditador mexicano Antonio López de Santa Anna, exilado em Nova York em 1869, junto com seu secretário, Rudolf Napegy. López aliava as tensões de seu exílio forçado mascando pedaços de chicle.


Foi seu secretário que apresentou a novidade para o amigo Adams. Alguns dias depois, Adams estava numa farmácia e ouviu uma moça pedir um tablete de cera parafinada para mascar. Foi aí que teve um estalo. Depois de inúmeras tentativas, Adams adicionou alcaçuz ao produto e o batizou de Black Jack. Fez o chicle em forma de pequenas bolas, embalou-as em caixas e passou a oferecê-lo em estabelecimentos de New Jersey em 1872. Porém, Thomas Adams primeiro tentou utilizar a substância chicle para substituir a borracha sintética na fabricação de produtos, antes de começar a fazer goma de mascar. Tentou fazer brinquedos, máscaras, botes infláveis e pneus de automóveis com a substância Chicle, retirada de uma árvore mexicana chamada Sapodilla.


No ano de 1871, Thomas Adams patenteou uma máquina para fazer gomas de mascar, lançando em fevereiro o chiclete Adams New York Gum, vendido nas farmácias e drogarias de New York


Com o rápido crescimento e popularidade da goma de mascar nos Estados Unidos, a empresa começou adquirir outras marcas como a famosa goma de mascar chamada CHICLETS (lançada em 1900) e a marca de chicletes DENTYNE (inventado em 1899).


O produto ganhou grande popularidade durante a Segunda Guerra Mundial, servindo como um fator decisivo para tirar o stress que as pessoas viviam na época. Depois de encerrada a guerra o consumo de chiclete disparou nos Estados Unidos e no mundo, fazendo com que a Adams se desenvolvesse rapidamente. Foi então que a empresa começou a desenvolver e lançar seus próprios produtos, como o chiclete CLORETS (introduzido em 1952), o único confeito que possuía Actizol e Clorofila, que neutralizavam gostos fortes causados por comidas, bebidas e cigarro, o chiclete sem açúcar TRIDENT (introduzido em 1962), a marca de drops HALLS (adquirida em 1971), o Bubblicious (introduzido em 1977), primeiro chiclete macio do mercado americano e o Bubbaloo (lançado no Brasil em 1984) trazendo um novo conceito para a época, chiclete de bola com formato redondo e com recheio líquido, proporcionando mais sabor a goma.


Via Site Adams e Mundo das Marcas.


Um comentário:

  1. Adoro chicletes Adams!
    ehehehe

    Helena, tem presente no meu blog pra vc^^

    Bjos

    ResponderExcluir