3 de maio de 2006

Sky e Atlético Paranaense firmam parceria



A Sky e o Clube Atlético Paranaense acertaram uma parceria inédita no futebol brasileiro. A operadora vai disponibilizar, a partir de 07 de maio, quando o clube enfrenta o Internacional de Porto Alegre em Curitiba, 106 televisores em vários pontos de seu estádio, o Kyocera Arena, para que os torcedores presentes possam acompanhar a partida em todos os 90 minutos.

Os aparelhos serão distribuídos nos camarotes, na área de circulação, na sala de imprensa, na área vip, na praça de alimentação e no hall da churrascaria que fica dentro do estádio. A instalação e a distribuição de imagens serão de responsabilidade da Sky e a manutenção dos aparelhos ficará por conta do Atlético.

Para promover a iniciativa, a Neogama/BBH criou painéis que serão dispostos no Kyocera Arena. Sob um fundo negro está a imagem de um jogador, vestido com o uniforme do Atlético, que acabou de chutar uma bola de futebol, cuja trajetória desenha o símbolo do infinito. Criadas por Sidney Araújo e Patrícia Leme, com direção de Alexandre Gama, as peças apresentam quatro diferentes versões.

Um comentário:

  1. Arena da Baixada recebe materiais

    Uma notícia bombástica alvoroçou a torcida ontem à tarde: o possível início das obras para conclusão do Estádio Joaquim Américo. Tudo porque alguns caminhões começaram a descarregar materiais para a conclusão da Baixada. Apesar do desejo dos atleticanos, as obras só devem começar para valer mesmo em janeiro do ano que vem, data prevista para a saída definitiva do colégio que ocupa o espaço no momento.

    Desde a primeira fase da construção, que foi inaugurada em julho de 1999, a diretoria da época teve a precaução de manter comprada e armazenada grande parte do material que será utilizado para a conclusão. Tudo estava guardado num local que não foi informado, mas que agora, segundo o clube, ficará no terreno ao lado do campo, que está vago.

    Com o lucro de R$ 25 milhões obtido no ano passado e sem grandes investimentos no futebol nesta temporada, o clube praticamente assegura o dinheiro necessário para começar as obras e realizar o sonho dos torcedores do Furacão em ter um dos mais modernos estádios da América Latina. A idéia dos dirigentes é adaptar o projeto para ter 40 mil lugares disponíveis e poder sediar qualquer partida de porte internacional e até pleitear jogos da Copa do Mundo de 2014.

    ResponderExcluir